Felipe


Felipe, do grego, aquele que gosta de cavalos.
Não sei de onde tiraram isso, mas taí uma verdade, Felipe simplemente ama cavalos, até imita!

Ele é parecido comigo, e muito, tanto no gênio, no tempero quanto na aparência.
Somos duas forças, disputamos constantemente quem desiste... por estar em vantagem por ser mãe dele eu normalmente ganho, mas tem vezes que canso e levanto a bandeira branca até mudar de estratégia..

Felipe é carinhoso, vive me abraçando e correndo atrás da Anita (nossa gatinha).
Com o vovô Marcos então, é de babar. Vive atrás do Vovô, que faz aquelas brincadeiras de meninos que eu não faço, que mima e dá o que ele quer na hora que ele quer, pro meu desespero! rs

Felipe tem 3 anos, mas não parece, se iguala ao Gabriel em tudo, menos na obediência e flexibilidade...

Ele é intenso, genioso, alegre, espuleta, arteiro, engraçado, espirituoso e impulsivo. Me vejo nele, isso não é bom nem ruim, só difícil.

Se eu pudesse descrevê-lo com cores e sabores seria: vermelho vivo, brilhante, de doer os olhos, sabor exótico, marcante, nem todos gostam, mas quem gosta se apaixona.

Felipe é assim, trava batalhas comigo, eu tento colocá-lo na linha, e ele tenta me mostrar que ninguém o domina, e assim levamos nossos dias!